Home | Glossário | Fale conosco  

  

Arapiraca

 

Dados do Município:

 

Situação Geográfica: Microrregião de Arapiraca. Limites com Major Isidoro, Jaramataia, Girau do Ponciano, Lagoa da Canoa, Feira Grande, São Sebastião, Junqueiro, Limoeiro de Anadia, Coité do Nóia e Igaci.

 

Área: 410 Km2.

 

Clima: Tropical Quente e Seco. Máxima de 38º C e mínima de 31º C.

 

Altitude: 264 m acima do nível do mar.

 

População: www.frigoletto.com.br\GeoAlagoas\popul.htm

 

Economia: Fumo, indústria e pecuária.

 

Acesso: AL-110, AL-115 e AL-220.

 

Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M)

www.frigoletto.com.br\GeoAlagoas\idhal.htm

 

Histórico

 

Embora Arapiraca seja uma cidade recente, há registros de que, por volta de 1848, as terras pertenciam a Marinho Falcão. Este as transferiu, por venda, a Amaro da Silva Valente, que passou a habitá-la junto com a família.

 

A história conta que o genro de Amaro da Silva, Manoel André Correia, foi abrindo caminhos pelas matas virgens até descobrir uma planície fértil e rica em árvores frondosas, principalmente a “arapiraca”.

 

Nesse lugar iniciou o povoado que recebeu, desde a origem o nome Arapiraca, um termo indígena que significa “ramo que o periquito visita” (Ara-periquito; poya-visitar; aca-ramo). Em 1855, a esposa de Manoel André faleceu e, em sua homenagem, ele decidiu construir, sobre sua sepultura, a capela de Nossa Senhora do Bom Conselho.

 

O povoado progrediu e seu desenvolvimento justificou a elevação à vila em 1924. Em 1938, através de decreto, tornou-se município. A cidade transformou-se em comarca, desvinculando-se de Anadia, em 1949.

 

O surto econômico que a cidade deve-se à cultura e beneficiamento do fumo – produto base da economia do município – que lhe rendeu o título de “Capital Brasileira do Fumo”, por ter a maior área contínua de plantação do mundo. é o segundo maior município de Alagoas, atendendo comercialmente não só ao Agreste, mas ao Sertão e ao Baixo São Francisco.

 

Entre seus festejos destacam-se: a festa da padroeira (entre janeiro e fevereiro); a micaraca (após a Semana Santa); o Alavantú (em junho); a Emancipação Política (30 de outubro) e a Feira de Negócios de Arapiraca – Fenar (em dezembro). Atração à parte é a feira livre (a segunda maior do País), todas as segundas-feiras.

 

Ref. Bibliográfica: Guia dos Municípios - 1998

Disponível do site: www.frigoletto.com.br

 

 

 ot14.gif (148 bytes) Menu Geo Alagoas

Frigoletto.com.br - A geografia em primeiro lugar

Copyright © 2000 - 2004 Eduardo Frigoletto de Menezes. All Rights Reserved