Home | Glossário | Fale conosco  

  

 

Quinta-feira, 28 de Março de 2002

 

PIB brasileiro somou R$ 1,184 tri em 2001

ELAINE COTTA

ANA PAULA GRABOIS

da Folha Online, em SP e Rio de Janeiro

 

O PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro somou R$ 1,184 trilhão em 2001. Os dados foram divulgados pelo IBGE, que não fez alterações na taxa de crescimento anunciada anteriormente, de 1,51%.

 

Em dólares, esse resultado soma US$ 501,694 bilhões, tendo como base a média da cotação da moeda norte-americana no ano passado, que foi de R$ 2,36. Em 2000, o PIB brasileiro somou US$ 594,247 bilhões.

 

De acordo com o IBGE apenas a alta dos preços já justifica o aumento do PIB no ano passado. Apesar da forte desaceleração que marcou a economia no ano passado, o PIB pulou em ano de R$ 1,09 trilhão para RS$ 1,18 trilhão. O IPCA, índice oficial de inflação do governo, teve aumento de 7,67% no ano passado.

 

"O PIB subiu por causa da alta de preços,''disse Roberto Olinto, gerente de contas trimestrais do IBGE.

 

O IBGE divulgou ainda que o PIB per capita (média da distribuição da renda produzida pelo país entre seus habitantes) foi de R$ 6.873 por pessoa, um crescimento de apenas 0,19% em relação ao ano anterior. Em 2000, o PIB per capita cresceu 2,99%.

 

O resultado de 2001, bem inferior ao de 2000, quando o PIB cresceu 4,36%, foi afetado pelo racionamento de energia, a desaceleração da economia mundial, principalmente a dos EUA, e a crise argentina.

 

O ritmo de evolução do PIB foi desacelerando ao longo do ano, e fechou o quarto trimestre em queda na comparação com o ano anterior. Nesse período, a soma das riquezas do país foi de R$ 317,2 bilhões em 2001.

 

O valor adicionado a preços básicos (riquezas produzidas sem contar os impostos) correspondeu a R$ 1,050 trilhão. Já os impostos sobre os produtos somaram R$ 133,8 bilhão.

 

O setor de serviços foi o que teve maior participação no PIB e respondeu por 62,39% das riquezas produzidas pelo país, totalizando R$ 655,756 bilhões. A indústria respondeu por 35,76% das riquezas, correspondendo a R$ 375,79 bilhões.

 

A agropecuária, apesar de apresentado crescimento em 2001, teve particpação de apenas 8,03% no PIB.

 

 ot14.gif (148 bytes) Menu Geo Econômica

Frigoletto.com.br - A geografia em primeiro lugar

Copyright © 2000 - 2004 Eduardo Frigoletto de Menezes. All Rights Reserved